REFLEXÃO SOBRE PROJETO DE INTERIORES ONLINE

Arquitetura e decoração sempre foram minhas paixões,  que preenchem minha alma e me fazem completa e feliz.

Trabalhei durante anos na forma tradicional, e que a maioria dos designers trabalham: reunião inicial com cliente, pré-projeto, projeto executivo (com um caderno de detalhamentos de 100 páginas!), depois o acompanhamento de obra, depois o projeto de decoração, até finalizar como aqueles programas de tv sabe? que o designer coloca o vaso de flores pra mostrar que terminou? Pois é… trabalho árduo… delícia, mas que demanda meses, até anos de muita dedicação.

Em 2010, quando os gêmeos nasceram, parei tudo e fiquei 1 ano e meio em casa cuidando deles. Nesse período tentava achar uma alternativa para voltar a trabalhar com o que amo sem me ausentar tanto, já que a maioria dos meus clientes sempre esteve em São Paulo e morando em Santo André o deslocamento ficaria inviável. Um belo dia, uma amiga arquiteta me ligou e disse que eu poderia “responder” dúvidas sobre decoração pela internet. Num primeiro momento achei uma sugestão estranha, mas uma semente foi plantada.

Mas a semente que havia sido plantada culminou em “criar” algo novo. Precisava de uma estrutura que pudesse satisfazer minha alma de designer, de mãe e de ser humano.

Pra mim foi muito difícil começar do zero novamente, já que eu conhecia totalmente as etapas de projeto, meu nome já estava publicado nas revistas e minha exposição como individuo estava preservada.

E foi com muita coragem, muita pesquisa e muita dedicação, que o DEKor Projeto de Decoração Acessível nasceu ♥

Atualizei meu contrato, criei a página do Facebook, comecei a aprender sobre mídia e marketing digital, e consequentemente minha privacidade foi exposta. Para vender um produto tão pessoal, delicado e importante na vida das pessoas, eu teria que mostrar quem eu era, já que o contato físico com o cliente seria praticamente nulo.

Graças a Deus, o meu trabalho foi muito bem recebido… consegui atingir e ajudar pessoas que estão em lugares que profissionais de design são um serviço de elite, ou mesmo inexistentes.

A repercussão foi imediata, positiva e pra mim, um retorno de amor e gratidão absolutamente lindo! Coisa que eu nunca havia sentido… afinal… eu trabalho para pessoas que sequer imaginaram contratar um designer de interiores… e hoje eles podem!

O projeto que faço não tem nada de mecanizado… tem pessoas de verdade aqui do outro lado… e faço questão de dizer o tempo todo:” façam com amor! façam com amor! ” tipo a tia chata! :D

Conversamos muito aqui no Estúdio para deixar bem marcado o que realmente queremos como profissionais. E temos consciência de que trabalhamos com os sonhos de outras pessoas! Temos a absoluta certeza de que não fazemos um projeto baseado em normas técnicas, e sim respeitando à individualidade de cada cliente, como sendo único e especial. E eu não tenho como falar isso publicamente, se não for verdade… por que meus clientes (quando lerem isso) podem chegar aqui e me desmentir sem dó. Estou na internet!!!! Nada escapa!!!!

Por que esse texto todo?

Quando comecei, haviam 2 sites específicos, um que faz exatamente o que eu faço, mas é totalmente online(e na minha opinião é impessoal… mas como não sei exatamente como funciona, posso estar equivocada) e o outro de leilão de projetos. Não tinha mais nada! Não tinha referência nenhuma! Tudo o que fiz, foi com meu bom senso e minha sensibilidade e experiência profissional mesmo…

Estou muito assustada (pra falar bem a verdade…) com a repercussão da ideia da galera fazer “projeto online”. São muitos sites, muita gente vendendo esse serviço… por valores que não pagam nem a internet que se usa.

Eu fico em cima do muro, num misto de felicidade e preocupação.

Felicidade, por que sei que sou referência nesse segmento online para muitas pessoas (e não sou eu que digo isso, quem dizem são os vários seguidores, amigos virtuais e designers) que antes estavam desempregados e hoje graças a Deus estão trabalhando, e isso é maravilhoso!!!

Preocupação, porque acho que está rolando uma depreciação forte da profissão pelos próprios designers de interiores que estão iniciando nesse segmento online… como um servicinho qualquer, fácil de fazer, que não requer muito esforço.Sendo online ou não, se for feito com responsabilidade e amor, ele é digno como qualquer outro. E não é porque o trabalho é online que pode ser tratado como coisa pouca… Pelo contrário, o projeto online necessita de um cuidado redobrado, pois o risco de erro em todos os sentidos é multiplicado por 1000!

Hoje me deparei com um texto chocante e cruel que chama o profissional que faz o projeto online de lixo! isso mesmo! L.I.X.O! Não a mim, foi de uma forma generalizada… mas me senti muito triste com isso:(

Nunca foi minha intenção dar inicio a uma geração de designers online… sempre quis trabalhar com o que amo e poder ficar mais próxima dos meus filhos.

Por isso meus amigos designers de plantão, sendo online ou não, vamos fazer a profissão de designer de interiores online merecer admiração e respeito! Cada um cobra o que acha que vale seu trabalho. E isso eu não posso opinar! Mas posso afirmar como uma das percursoras no assunto, que você deve fazer valer cada real pago! Fazer com amor sempre! E ser honesto e descente para com seus clientes e seus colegas de profissão.

Se você pensa como eu, e quer se dedicar de corpo e alma nessa nova forma de atender os clientes que eu chamo de “orfãos do design”, vai com fé e se dedique! Rale muito! Doe amor! Faça com o coração! Com 100% de responsabilidade e respeito! Porque vai dar certo!

Agora, se você acha que fazer projeto online é dinheiro fácil, trabalho rápido, sem muito esforço, sem muito comprometimento… então meu amigo… melhor repensar as suas posturas, por que assim você só estará denegrindo não só sua imagem, mas a imagem de todos os profissionais de design, sendo eles online ou não.

Se você chegou até aqui neste imenso texto, obrigada por me “escutar”. Espero que esse texto possa servir como uma reflexão, a todos os que pensam em ser, os que acabam de se tornar, os que estão na corrida maluca para ser alguém, os que já ralam muito para se manterem onde estão, e todos os que por algum motivo se identificam com o nosso querido design de interiores.

ah… tem trabalho pra todo mundo viu! O mundo é tão grande… e se cada designer de interiores tiver 1000 clientes, ainda assim… ainda terá muita gente precisando de bons profissionais. Por isso se você trabalha da forma tradicional, não culpe os projetos online pela falta de projetos, clientes ou coisa parecida. Sugiro que faça uma auto análise e reveja seus conceitos e atitudes. Se liberte de antigos processos e se jogue com o coração. Tenho certeza que será recompensador. :D

Publicado por

Erika Karpuk

erikakarpuk.com

12 thoughts on “REFLEXÃO SOBRE PROJETO DE INTERIORES ONLINE

  1. Erika, que lindo ler seu post. Digamos que sou o seu passado, 2010. Estou exatamente onde você estava (filhos pequenos, voltando ao trabalho, exposição não é minha praia, etc). Comecei a pesquisar projetos online e fiquei assustada com o que vi. Cheguei em vc por uma pesquisa boba, tipo procurando gato, achei mato com aconchego. Adorei, adorei mesmo saber que uma colega conseguiu fazer esta transição, real/ virtual, com honestidade, sinceridade e amor! Obrigada por dividir o caminho das pedras e mostrar que é possível. Sucesso e um cheiro das Minas Gerais…

    Curtir

  2. Erika, como você é linda! Não vejo a hora de voltar a fazer meus projetos, com amor e de todo o coração. Por vários motivos estou começando do zero também. Você tem sido uma grande inspiração para mim. Eu já havia pensando nesta forma de trabalho, porém eu tinha tantas ideias que elas não se encaixavam e, depois que descobri você, as coisas começaram a ter mais sentido e, agora, posso me dedicar a um objetivo mais concreto. Só tenho o agradecer você!
    Te desejo muito sucesso! Que possamos trabalhar com afinco e dedicação, fazendo com que a honestidade e transparência sejam nossa marca, os profissionais que atuam de corpo e alma:)
    Uns beijos e uns abraços! ♥

    Curtir

  3. Seu texto me dá esperanças, que ainda posso mudar o rumo de minha vida, sou professora, é uma atividade estressante apesar da dedicação e entrega, não tenho conhecimento na área, mas descobri depois dos 40 que a minha criatividade, curiosidade , está toda voltada para a arte, se resume na minha casa e nas inovações que faço nela.Isto me dá prazer, me acalma e me faz feliz.

    Curtir

Ei! Não vá embora! Me conte o que achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s