bons modos nas redes

BONS MODOS NAS REDES SOCIAIS DE DECORAÇÃO

Que post estranho esse, você deve estar pensando né?

Mas gente, se estão lendo esse texto, é por que de alguma forma, existe algum interesse em blogs, revistas, perfis de instagram, facebook, ou qualquer rede social relacionados à decoração, certo? Caso contrário, não estariam acompanhando meu blog, específico no assunto.

Vou voltar um pouco no tempo, só para ilustrar melhor o meu raciocínio e motivo desse post.

A internet que conhecemos hoje foi criada em meados dos anos 80, mas não se sabe ao certo a data em que ela surgiu. Sua comercialização, divulgação e incorporação na nossa vida só começou a acontecer em 1990 (se quiser saber mais sobre quem é essa tal de dna. internet leia mais aqui).

Aqui no Brasil, em 1991 a internet era utilizada por órgãos do governo, instituições educacionais de pesquisa e universidades. Só em 1995 foi liberada a operação comercial no país. Nesse mesmo ano aparecem os primeiros sites de empresas e o UOL (esse vocês conhecem né?)

Curiosidades da Erika: Em 1996, eu tinha 19 anos, e tive minha primeira experiência de internauta! Lembro como se fosse hoje, aquele barulhinho de internet discada. Se você não é dessa época e não faz ideia do que estou falando, escute aqui:
 Eu juro que era assim! E depois dessa "sinfonia de pardais", podíamos navegar pelos mares do oceano internáutico! :D

Foto: http://www.inexistentman.net/Em janeiro de 2000 é lançado o primeiro provedor gratuito brasileiro, o IG (apesar da Wikipedia dizer que não foi o primeiro, também não cita nenhum outro), e como o nome já diz, gratuito é o que faz a galera pirar! Então, todo mundo queria um modem, porque todo mundo queria instalar o IG, ou AOL ou Uol (os dois últimos com 1 mês grátis)! E a instalação era feita através de cd-rom!! Gente, tô rindo aqui, porque não lembrava mais desses detalhes até começar a pesquisa :D


Como era o Universo da Decoração antes da Internet?

Toda a divulgação de um trabalho de decoração e arquitetura era feita por mídias impressas ou seja, revistas e jornais. E era garantido que quando publicado, o nome do profissional estaria de alguma forma vinculado às imagens. Na verdade, se alguém quisesse “copiar” ou usar como referencia um projeto publicado, as únicas opções eram arrancar a página e guardar em uma pasta de referencias (eu fiz isso!) ou escanear e guardar numa pasta no computador (também fiz isso!).

Para que um trabalho fosse publicado o processo sempre foi o seguinte:

  1. PRIMEIROS CONTATOS IMEDIATOS: reunião com cliente. envio de orçamento. negociações;
  2. ESTUDOS/PRÉ PROJETO: Horas infinitas de trabalho para definir o projeto ideal para o cliente;
  3. APRESENTAÇÃO: Horas infinitas e muitas noites mal dormidas para fazer aquela apresentação show para o cliente ficar muito feliz e satisfeito.
  4. INICIO DO PROJETO EXECUTIVO: Além dos projetos técnicos, geralmente em AutoCad, a fase consiste em orçamentos, reuniões com muitos fornecedores, planilhas, etc.
  5. ENTREGA DO PROJETO EXECUTIVO E INICIO DA OBRA: Parece o fim, mas é o inicio de todo um processo exaustivo de acompanhamento de obra. Para que todos os detalhes sejam executados dentro do que o profissional imaginou, além de todas as adequações que são feitas para o bom desenvolvimento da obra.
  6. ACOMPANHAMENTO DA OBRA: Pode durar de 4 meses à 2 anos (até mais dependendo da dimensão do projeto). Só quem acompanha uma obra do inicio ao fim sabe o que é esperar e administrar pacientemente a sua finalização.
  7. ENTREGA DE OBRA E INICIO DA DECORAÇÃO: Após longos meses, muitas reuniões, resoluções de muitos e muitos problemas na obra, finalmente a decoração pode ser iniciada.
  8. DECORAÇÃO: Começa a nova fase de reuniões, orçamentos, escolha de materiais, acompanhamento da instalação de todos os itens, muita briga com fornecedor para cumprir prazos de entrega. Até que o vaso de flor possa ser colocado sobre a mesa.
  9. CONTATO COM REVISTAS E JORNAIS: Sim… ninguém sabe que você tem um novo projeto finalizado. É necessário o contato com a imprensa para que convites de publicações sejam feitos.
  10. DIA DA FOTO: Não é simplesmente um dia qualquer… É necessário uma produção nos ambientes. Arrumar o quadro torto, colocar a poltrona no lugar, tirar a poeira… Uma equipe se desloca ao local, fotografo, assistente, jornalista, decorador ou arquiteto e um assistente. Todos juntos, trabalhando para que a foto fique perfeita para uma próxima edição.

E Pronto! CLICK!

Daí você me pergunta… nossa! Tudo isso para uma fotinho? Como era complicado não?

Então eu te respondo: Sim, todo esse trabalho, feito por vários meses, com muito suor e carinho… para uma fotinho! E complemento que (e é esse o motivo desse post!!!! preste muita atenção!!!) isso é o que acontece com ABSOLUTAMENTE QUALQUER IMAGEM QUE É PUBLICADA HOJE!!!!!!

O botão PIN do famoso aplicativo PINTEREST, ou a própria busca por imagens no GOOGLE, facilitou aquela etapa que comentei do escâner ou da pasta de referencias com recortes de revistas, mas essa é a ÚNICA diferença!!!!

Todo o processo de uma decoração continua o mesmo dessa descrita acima! É um trabalho sem fim, muito investimento, muito trabalho mesmo. E quando o botão PIN é utilizado, e essa imagem vai para suas pastas no PINTEREST, outros usuários podem compartilhar, sem que necessariamente o autor do projeto seja citado. E não só o autor do projeto nãoooo! O fotografo também é um profissional que vive da sua arte. E a revista ou mídia que o contratou PAGOU para que aquela imagem perfeita estivesse ali, pronta para ser compartilhada sem descrição, no PINTEREST e consequentemente no INSTAGRAM, NO FACEBOOK, NOS MILHARES DE BLOGS de decoração, e por ai vai.

Me digam… o quão justo e correto é esse processo? Não estou aqui para dizer o que você pode ou não fazer, até por que a internet é a mãe do compartilhamento. Só peço que reflita sobre o que acabo de escrever, e pense duas vezes quando for compartilhar uma imagem qualquer (!) sem autor… Esse autor existe! Essa foto não é sua! E lógico que é muito bom ver um projeto seu sendo referenciado e amado, mas é muito ruim, muito triste, quando todo o seu trabalho feito com amor é perdido, reduzido à ninguém… ou melhor… trocado pela legenda #referenciadopinterest.

Você só pode fazer parte do universo da decoração se você o respeita, caso contrário, seu lugar não é aqui! 

#éticadocompartilhamento #compartilhecomrespeito

Fotos e texto Erika Karpuk - SOB LICENÇA CC by-nc-nd 4.0
O lustre pendente foi reaproveitado do antigo apartamento, e para adequá-lo a decoração atual, a designer pintou com tinta spray. Cozinha de concreto da Erika Karpuk sob o conceito OBRA LIMPA

NOTA 1: A foto acima demorou um click para estar pronta + 10 meses de obra + 10 meses para a decoração estar finalizada + muitos mil reais de investimento. A foto da minha cozinha já foi publicada em alguns IDs importantes . Hoje, infelizmente, ela é compartilhada sem créditos e só fico sabendo quando alguém me marca na foto. Caso contrário, nunca saberei.

NOTA 2: Todo o meu site está sob a licença de propriedade da Creative Commons e indico a todos os meus amigos sérios de profissão que façam o mesmo. Insiram o logotipo nas suas imagens. E usem essa licença para se protegerem de possível uso ilegal da sua imagem e trabalho.Creative Commons LicenseFotos, textos e conteúdo by Erika Karpuk is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License

NOTA 3: Revistas impressas e online, sites e outras mídias que PRECISAM de imagens de profissionais de arquitetura e design para sobreviver e pagar suas contas, é preciso que vocês se atualizem também! É necessária a mudança com URGÊNCIA na forma de publicação! Vocês PRECISAM inserir o nome do profissional, empresa e fotografo nas imagens! Não fica tão bonito? Ah… pode até ser! Mas tenho certeza que com tantos designers gráficos sensacionais que trabalham pra vocês, alguém pode dar uma ideia fantástica e resolver toda essa bagunça não? #atualizarépreciso
PARA COPIAR QUALQUER PARTE DESSE TEXTO, CITAR A AUTORA E LINK DO SITE. Fotos e texto Erika Karpuk – SOB LICENÇA CC by-nc-nd 4.0

Published by

Erika Karpuk

erikakarpuk.com

2 thoughts on “BONS MODOS NAS REDES SOCIAIS DE DECORAÇÃO

Ei! Não vá embora! Me conte o que achou!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s