DECORAÇÃO WABI-SABI

Se você nunca ouviu falar sobre a filosofia Wabi Sabi, presta atenção no que vou te contar. Tem muita gente falando sobre isso e, principalmente, incorporando na sua forma de viver.

Dá uma olhada no vídeo que fiz sobre isso:

Se você já me acompanha há um tempo sabe que eu vivo falando sobre o desconstruir da perfeição, porque não precisamos de paredes perfeitas para sermos felizes. Mas afinal, o que é Wabi Sabi? Essa palavrinha oriental é na verdade uma filosofia japonesa que prega a simplicidade, a capacidade de enxergar beleza em um defeito, em uma marca num móvel, numa roupa antiga.. tudo depende do seu olhar! Eu enxergo uma poltrona com a madeira do pé danificada como uma marca da história daquele objeto.. porque é a história sendo contata através de rachaduras e arranhões.

Por isso Wabi Sabi tem tudo a ver com a decoração que eu acredito. A decoração do reaproveitamento, decoração afetiva, onde inserir coisas herdadas da família, itens que foram usados por outras pessoas, e que tem história também.. é o resgate de emoções.

Vamos pra algumas dicas de como incorporar essa filosofia na decoração?

Decoração Wabi Sabi por @erikakarpuk . Desconstruindo a perfeição, menos lixo mais design, decoração afetivaPOLTRONA – se você me acompanha no Instagram (@erikakarpuk) sabe que minha poltrona é um xodó da #casadaErika por conta do design dela e, claro, o tecido que foi trocado e revitalizou totalmente o ar dessa peça. Comprei no bazar das Casas André Luiz e fora a troca do revestimento, não fiz absolutamente nada na estrutura de madeira, que está toda riscada e marcada, ou seja.. essa poltrona é muito wabi sabi.

Decoração Wabi Sabi por @erikakarpuk . Desconstruindo a perfeição, menos lixo mais design, decoração afetivaMESA SAARINEN – essa minha mesinha Saarinen, com design original, com o uso começa a descascar e vocês sabem que cada marquinha dessa aqui pra mim significa alguma coisa, me traz uma lembrança? Não é porque tem algumas marcas do tempo que ela não está incrível e que não pode decorar a casa de uma forma suntuosa.

Decoração Wabi Sabi por @erikakarpuk . Desconstruindo a perfeição, menos lixo mais design, decoração afetivaPAREDE DE TIJOLINHO – a parede de tijolos aparentes da minha sala é muito wabi sabi gente (mostrei como descascar as paredes aqui).. aqui os tijolos são imperfeitos, o rejunto é imperfeito, existe um monte de falha e vários buraquinhos. E vou falar que é um prazer ver a imperfeição do rejunte.. combinando com a assimetria dos quadros e objeto de decoração, onde nada foi medido na régua, foi seguindo o olho e a intuição.. uma imperfeição que quando você olha, você admira.. e não causa estranheza.

post wabi sabi - espelho rosa

post wabi sabi - bancada banheiro 03ESPELHOS – tanto o espelho da sala como o do banheiro, são cheios de manchinhas e imperfeições. Sempre que eu posto alguma foto que as pessoas piram nos espelhos, nem imaginam como eles são de perto.. mas tudo bem! Eles estão ótimos, cumprindo seu papel e decorando lindamente a #casadaErika.

post wabi sabi - bancada banheiro 01

post wabi sabi - bancada banheiro 02BANCADA PIA – a mesa que usei para fazer uma bancada pro banheiro também é um exemplo de wabi sabi. Essa era uma mesa que ficava no barracão da casa da Baba, minha avó russa, e que é cheia de história e sentimentos. Está cheia de manchas e marcas também.. mas pra mim é muito mais emocionante decorar a casa com história do que com valor.

post wabi sabi - xicara cozinhaXÍCARA – uma xícara quebrada com piris, que também era da minha avó, foi adaptada para virar um “porta saleiro” e se manter na minha decoração e no meu dia a dia. O que eu fiz foi colar a xícara no piris e uso nas refeições. O wabi sabi fala justamente isso: o uso dessa xícara deixou de existir como xícara, mas ela pode ter outras funções.

Eu vivo a desconstrução da perfeição na minha vida e no meu trabalho porque eu acredito que não são paredes perfeitas nem móveis novos e nem tecidos caros que fazem a gente feliz. Porque coisas perfeitas são ilusões, coisas perfeitas são expectativas, são plastificadas. E quando eu desconstruo a perfeição eu liberto a minha alma, eai eu me satisfaço com pouco e é nesse pouco onde minha felicidade está. Aí eu consigo dar valor a realmente o que tem valor e não as coisas que dá pra pegar e sim as coisas que dá pra sentir.

Gostaram das dicas? O mais importante: lembrem-se sempre de manter a decoração real, seja autêntico, criativo, acredite em você e na sua história e está tudo certo.. e olha, tudo bem se não arrumar a cama todos os dias (só não conta pra ninguém)! Comenta aqui embaixo o que achou do post <3

Me acompanhe e não perca nenhuma novidade <3
EkTuBe: https://www.youtube.com/erikakarpuk
Facebook: https://www.facebook.com/ErikaKarpuk
Grupo no Facebook: #casadaErika
Instagram: https://www.instagram.com/erikakarpuk/
Twitter: https://twitter.com/erikakarpuk

Para compartilhamento de texto e imagens LEIA AQUI!

 

 

Deixe uma resposta