Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK

COMPOSTEIRA DOMÉSTICA

Com a série de vídeos que fiz sobre horta no apê – veja aqui – ganhei um presente mais que incrível do Morada da Floresta, que além de ser uma loja virtual muito bacana, é um conceito, um estilo de vida para aqueles que, assim como eu, desejam do fundo do coração viver sustentável mesmo na cidade. Confira o vídeo do dia que ganhei e montei minha bonitinha no apê. <3

Passei um dia com o Leopoldo e o Jun, fui super bem recebida e muito bem assessorada – com muita paciência para todas as minhas perguntas rs – e não só aprendi mais sobre a compostagem como também todos os outros serviços/produtos que eles oferecem.

morada-da-floresta
Imagens – vídeo “Horta no Ap – Composteira e Morada da Floresta”

O que acontece é que muitas vezes não percebemos a quantidade imensa de resíduos orgânicos que vão parar em aterros sanitários e lixões todos os dias, em cada refeição que fazemos, quando não são separados corretamente. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), 52% de todo o resíduo produzido no Brasil é de material orgânico. Ou seja, mais da metade dos resíduos do país não recebe nenhum tipo de tratamento e são misturados com tudo quanto é tipo de lixo, emitindo muito mais gás metano na atmosfera. Isso tem que parar!!

Todo esse impacto pode ser diminuído com o uso da compostagem, que nada mais é do que a reciclagem de materiais orgânicos na sua própria casa. Sabe aquele processo de separar o material reciclável – ou “lixo seco” – para coleta seletiva? Então, mesma coisa!! Só que nesse caso você diminui emissão de gás para a atmosfera – reduzindo a contribuição para o efeito estufa – e de ainda produz seu próprio adubo orgânico! Me fala, tem como ficar melhor?

ciclo-compostagem_blog
Imagem – “Manual da Compostagem com Minhocas” – Morada da Floresta

A Composteira Doméstica (ou Minhocário Doméstico, também conhecida como vermicompostagem) da Morada da Floresta é um sistema de reciclagem dos resíduos orgânicos em caixas modulares onde minhocas e microorganismos transformam restos de alimentos em adubos de excelente qualidade. É um sistema prático, compacto, higiênico e de fácil manuseio que não produz cheiro e não atrai insetos nem animais indesejados.

Então vamos lá, funciona uma composteira? A que ganhei da Morada da Floresta é composta por:

  • 3 caixas de plástico (2 digestoras e 1 coletora de líquido)
  • 1 tampa
  • 1 torneira (fixada na caixa coletora)
  • 1 pacote de minhocas e substrato (caixa de cima)
  • 1 pacote de composto sólido e serragem (caixa do meio)
  • 1 ancinho (ferramenta para jardinagem)
  • 240ml de extrato de neem (repelente natural)

kit-composteira

Fora esses itens é importante providenciar o seguinte:

  • suporte – para colocar embaixo da composteira para que a torneira fique acessível no momento da retirada do composto líquido. Esse suporte pode ser blocos de concreto, tijolos, caixa de feira, madeira, móvel, etc..
  • matéria vegetal seca* – para misturar e cobrir os resíduos de cozinha que serão depositados na composteira. Encontre uma fonte natural (jardim, praça, parque, etc) próxima da sua casa ou procure uma marcenaria ou madeireira no seu bairro e peça para eles separarem serragem grossa sem verniz para você.
  • recipiente – para armazenar a matéria vegetal seca.
  • baldinho – para colocar na pia da cozinha e nele você colocará os resíduos orgânicos que serão depositados na composteira
materia-vegetal-seca_blog
Imagem – “Manual da Compostagem com Minhocas” – Morada da Floresta

E como que eu instalo minha composteira em casa? Aqui em casa contei com a ajuda da dupla imbatível Olivia e Lorenzo e eles amaram!! O processo de montagem é o seguinte: primeiro de tudo escolha um lugar arejado, protegido do sol e da chuva para monta-lá e então siga os passos abaixo.

montagem-composteira_blog
Imagem – “Manual da Compostagem com Minhocas” – Morada da Floresta
  1. Coloque o suporte no local escolhido.
  2. Instale a torneira para o lado de fora, cuidando para colocar um anel de vedação pelo lado de fora e outro pelo lado de dentro. Atenção para deixar a torneira na posição fechada (para trás).
  3. Coloque a caixa coletora (com a torneira) em cima do suporte. Para facilitar a retirada do composto líquido pela torneira, coloque um pequeno calço embaixo da caixa na extremidade oposta à torneira. Nessa mesma extremidade, pela parte de dentro, sugerimos colocar um tijolo encostado na parede interna da caixa. Esse tijolo ajudará as minhocas que caírem nessa caixa a saírem do líquido e retornarem para a caixa do meio.
  4. Encaixe a primeira caixa digestora em cima da caixa coletora.
  5. Espalhe o conteúdo do pacote de composto, húmus e serragem para forrar o fundo dessa caixa digestora (caixa do meio).
  6. Encaixe a segunda caixa digestora em cima da primeira.
  7. Espalhe o conteúdo do pacote de minhocas e substrato para forrar o fundo dessa caixa digestora (caixa de cima).
  8. Coloque a tampa nessa caixa.

As minhocas ficam onde é melhor para elas, então não se preocupem se elas vão cair pelos furos ou como fazer quando encher a primeira caixa. A bicha é muito esperta!! Elas vão atras do alimento, ou sejam, caso caiam, sobem para a caixa de cima sozinhas.

o-que-colocar_blog
Imagem – “Manual da Compostagem com Minhocas” – Morada da Floresta

Dicas da Erika:

  • A espécie de minhoca indicada para compostagem domestica é a Californiana.
  • Antes de escolher o tamanho de sua composteira, observe a quantidade de resíduo orgânico que é produzida na sua casa.

Para baixar o manual completo clique aqui!

Ah! E não precisa praticar a compostagem só com composteira comprada, viu gente?! Dá pra fazer ai em casa, nesse post do Ciclo Vivo tem o passo a passo para fazer sua composteira com baldes de plástico, ou separa um pedaço do jardim para começar a sua.

E então, o que acharam do post? Já tinham ouvido falar do conceito de compostagem? Quem tiver composteira em casa compartilha com a gente nos comentários!

Categorias
DESIGN SUSTENTÁVEL

PLANTAR BATATAS NO AP #VIVERSUSTENTÁVEL

Quando iniciei minha busca para entender como as coisas funcionam e tentar reduzir o impacto ambiental que causo pelo simples fato de ter nascido um dia, me deparei não só com o problema do descarte excessivo e incorreto do lixo, como também percebi que o meu consumo deveria reduzir. Quando você desperta para alguns assuntos, outros vem na sequencia naturalmente. Foi assim que a ideia de plantar algumas coisas no apartamento surgiram.

Quando eu era criança, a gente tinha hortinha em casa. Mas vivendo numa cidade cosmopolita e tecnológica, me transformei na pessoa mais urbana que conheço. Amo esse caos, amo a correria, o trânsito, as pessoas. Sou muito urbanóide! Sempre gostei de plantas em casa, mas nada específico. Ervas nunca foram meu forte. Até que um dia plantei um pé de alecrim e esse querido viveu ao meu lado como um bonsai durante 8 anos. Ele me fez capaz, ou pelo menos me senti assim!

Mudei de apartamento e como minha cozinha é bem grande, decidi que me empenharia em cultivar ervas para tempero. Fiz minha hortinha de temperos com manjericão, tomilho, sálvia e alecrim. Fiz até um vídeo sobre isso!

horta no apartamento por erika karpuk
horta no apartamento por erika karpuk

Tudo estava indo muito bem, e eis que surge uma imagem no Facebook com replantio de raízes, que mudaria todo o rumo da minha humilde hortinha de ervas e da minha vida também!

Comecei a colocar na água as raízes e talos de cebolinha, de alho poró, erva doce, salsão e alface. E ao ver aquelas plantinhas crescerem de um dia pro outro, percebi quanto alimento já tinha ido pro lixo, e mais ainda… como a vida era poderosa naquelas pequenas raízes, que brotavam da manhã pra noite e em duas semanas já era possível consumi-las novamente (no caso da cebolinha e alho poró).

replantio de raiz de cebolinha por erika karpuk
replantio de raiz de cebolinha por erika karpuk
alho poró e erva doce por erika karpuk
alho poró e erva doce por erika karpuk
berçario de horta no apartamento da erika karpuk
berçario de horta no apartamento da erika karpuk

Isso me animou e comecei a me arriscar! A cebola roxa brotou e foi pra terra! Sua cebolinha nos presenteou com um sabor inigualável no jantar Thai que eu mesma preparei no reveillon. A cebola branca também cresceu! A coroa do abacaxi, a semente do avocato e o tomate cereja também começaram a brotar! Na água, na terra ou naturalmente! Parece que as hortaliças e vegetais começaram a gritar pra mim: Oi! Estamos aqui! Temos muita energia ainda pra crescer e lhe dar alimento! Não nos jogue fora!

morango e jaboticabeira no ap por erika karpuk
morango e jaboticabeira no ap por erika karpuk
flor da cebola roxa em horta no ap por erika karpuk
flor da cebola roxa em horta no ap por erika karpuk

E foi o que fiz! Comecei a observar e respeitar essas plantinhas. E o melhor, estou perdendo o medo de mexer com a terra e as raízes. Não sei em qual momento da minha vida esqueci que os alimentos provém da natureza, e não do supermercado. Não sei em qual momento da minha vida achei que esses alimentos eram descartáveis, e jogá-los no lixo nunca havia pesado na consciência. Não sei em qual momento esqueci que uma semente tão pequena como a de um tomatinho cereja pudesse brotar bem na minha frente, dentro de um apartamento, numa cidade cosmopolita.

Comecei a falar sobre #viversustentável, #hortanoap #hortanavaranda, #reduçãodeconsumo e percebi que muita gente está nesse momento também, por isso decidi introduzir esse assunto nos meus canais de comunicação com vocês meus amigos, para trocarmos ideias e unirmos forças para melhorar a nossa qualidade de vida no presente e no futuro. Porque vivemos na cidade mas merecemos uma vida mais saudável aqui.

berçario de horta no apartamento da erika karpuk
berçario de horta no apartamento da erika karpuk

Esse vídeo é o primeiro de muitos que espero fazer a respeito desse processo particular meu, mas imagino que será útil para outras pessoas que estão nesse momento do “despertar”. Espero que gostem. Feito com carinho ♥

Categorias
DESIGN SUSTENTÁVEL DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

FAZER OBJETOS DE DESIGN COM UTENSÍLIOS DE COZINHA

Essa é a proposta da nova Websérie do nosso canal queridinho, o EKTUBE! Utilizando panelas velhas, escorredores, talheres, potinhos de pudim, tábua de corte e muitos outros utensílios tão conhecidos por nós, vou mostrar que é possível reaproveitar e transformar um item comum em objeto de design para decorar não só a cozinha, mas também a casa inteira! Existem alguns motivadores para esse assunto, e por isso resolvi compartilhar com vocês!

Primeiro vídeo da websérie #utensiliosdecozinha. Luminária DIY com Escorredor de Macarrão por Erika Karpuk. http:// youtube.com/erikakarpuk
Primeiro vídeo da websérie #utensiliosdecozinha. Luminária DIY com Escorredor de Macarrão por Erika Karpuk. http:// youtube.com/erikakarpuk

A história toda começa sempre no design de interiores, lógico! Por que é isso que faço e amo fazer. Mas como falei em outro post, meu olhar pro mundo está mudando. Descobri um planeta sendo destruído, e realmente não consigo mais ignorar esse problema global e falar apenas do vaso bonito. Então tá, virei militante à favor do planeta. Ponto.

Também não quero ser a “tia designer militante chata” que só fala de assuntos “pesados” e sem graça, porque eu amo coisas legais, bonitas e coloridas e é isso que me mantém viva! Sou apaixonada pelo universo do design! Sou designer de interiores poxa vida!!! Ponto.

Mas apesar do orgulho pela profissão e de como caminho por ela, quando comecei a pesquisar um pouco mais sobre o assunto “sustentabilidade” e “obra limpa“, percebi que estava contribuindo há 20 anos, com as toneladas de resíduos provenientes da construção civil que se acumulam no meio ambiente todos os dias, e sendo bem sincera, senti muita vergonha por estar tão alienada esses anos todos. Como nunca me informei sobre isso meu Deus?

Entender o processo deficiente e destruidor do lixo foi só um começo… a partir daí desencadeou em mim uma série de questionamentos sobre como funcionam as coisas e como são produzidas. E só então caiu a ficha: Tudo o que consumimos provém da natureza.

Vocês já pensaram nisso? Não só o nosso alimento, mas a madeira, o vidro, os metais, o plástico e tudo, absolutamente tudo, o que está ao nosso redor. Eu sei, é difícil olhar uma caneta, um carro ou um abajur, e pensar que a natureza forneceu aquilo. Mas garanto a vocês meus amigos…

TUDO PROVÉM DA NATUREZA

venini_vase_2

Um vaso de vidro que decora a sua casa é produzido através da mistura de vários minerais retirados da natureza? Areia, barrilha, dolomita, calcário e feldspato são misturados, e passam por um processo sob alta temperatura e também resfriamento. Para isso consome-se além dos minérios, milhões de litros de água limpa, como também são desprendidos na atmosfera  toneladas de CO2 produzidos na sua fabricação.

A crise hídrica fez os brasileiros se ligarem num problema que ninguém dava importância. Mas, e os minérios necessários para a sua fabricação? São extraídos de onde minha gente?

http://www.meon.com.br/noticias/regiao/cetesb-multa-mineradora-por-extracao-de-areia-no-rio-paraiba
http://www.meon.com.br/noticias/regiao/cetesb-multa-mineradora-por-extracao-de-areia-no-rio-paraiba

Essa imagem é de uma mineradora de areia. Areia? Aquela sabe? Que vem embalada num saco plástico comprada em Loja de construção?

A areia é apenas um item dos vários minérios que são necessários para que a fusão se transforme no vidro. E é tão comum na nossa vida que não pensamos na sua produção, nem nos  impactos ambientais causados para que ele estivesse ali em forma de copo, janela, mesa, embalagem, vaso…

Dica. Procurem no Google: Mineradoras de Areia. E já alerto que os sites das mineradoras sempre tem um texto muito bonito, cheio de palavras como "responsabilidade ambiental" "preservação do meio ambiente" "programa de reflorestamento" e por ai vai. É o velho marketing em ação. Embalagem bonita e conteúdo duvidoso.

Então, voltando ao assunto legal, a websérie mostrará projetos faça você mesmo com inserções de conteúdo relacionado ao design sustentável que eu acredito.

Segundo vídeo da websérie #utensiliosdecozinha. Vaso feito com Panela Velha por Erika Karpuk. https://youtu.be/sES44xgNEY4
Segundo vídeo da websérie #utensiliosdecozinha. Vaso feito com Panela Velha por Erika Karpuk. https://youtu.be/sES44xgNEY4

É o jeito que encontrei de falar sobre algo muito importante, sem perder a inspiração no belo, no criativo e no original.

O texto é longo e agradeço quem chegou até aqui! Esse é o inicio de uma mudança de atitude para que nosso futuro seja melhor. Espero que curtam a Websérie! Fiz com um super carinho pra vocês ♥

 

Categorias
DESIGN SUSTENTÁVEL

O DESIGN, O LIXO E A CONSCIÊNCIA

A lista de acontecimentos ocorridos em 2015 é grande. Bons, muito bons, ruins e muito ruins. E pra mim esses altos e baixos da vida são super aceitáveis! Agradeço ao universo pela oportunidade de aprender e evoluir com essas experiências.

Mas em algum momento destes 365 dias que se passaram algo aconteceu. E mudou minha forma de ver, pensar, sentir e agir.


venini_vase_2

Tudo começou com uma breve pesquisa sobre a produção do vidro. Queria informações mais concretas sobre o uso dos recursos naturais no design e acabei mergulhando num mundo de informações não muito agradáveis…

Quanto mais me aprofundava, mais a culpa pesava em meus ombros.

Descobri que por causa do refrigerante que (não)tomo, em 2016 serão produzidas 840mil toneladas de garrafa PET só aqui no Brasil, e que 50% será descartada nos solos e oceanos.

PET o maior poluidor

Entendi que cada pedacinho de plástico, incluindo o filme que embalo os alimentos e a bexiga da festa das crianças é altamente poluidor, já que é quase impossível a sua reciclagem devido aos tamanhos reduzidos depois do uso.

bexiga

Ainda, percebi que tudo, absolutamente tudo, o que existe dentro das nossas casas, falando mais especificamente da decoração, provém de recursos naturais do planeta. Do cimento ao lençol da cama. E que num momento de compra, eu nunca havia questionado de onde e como aquilo havia sido fabricado, de onde foi extraído, e qual impacto ambiental gerou até chegar na minha casa.

Entendi que para uma madeira ser proveniente de área de reflorestamento, uma floresta foi dizimada antes.

Percebi que as indústrias de extração de mármores e granitos sempre inserem em seus sites alguma coisas sobre “compromisso sócio ambiental” e “respeito ao meio ambiente”, mas o que fazem é cortar literalmente montanhas, que eram cobertas de florestas, que eram o habitat de milhares e milhares de animais.

extração de mármores e granito

E que as pequenas reformas que fazemos todos os dias em nossas casas, comércios e escritórios rendem avassaladoras 122MIL toneladas ao dia de entulho que, quando não separados corretamente, são descartados como lixo comum.

Mas entendi que o lixo comum deveria ser destinado aos aterros sanitários, que são áreas “teoricamente” preparadas para receber o lixo sem que haja contato com solo e lençol freático e que apenas 40% das cidades brasileiras o fazem. O que significa 78 mil toneladas de lixo por dia indo para os lixões.

lixão
Imagem: http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2015/07/lixo-produzido-por-80-milhoes-de-brasileiros-nao-tem-destinacao-correta.html

Descobri que os lixões são proibidos desde agosto de 2014 (nota: já que não foi cumprido o prazo para a erradicação dos lixões, foi criado um projeto de Lei que prevê ampliar o prazo para 2021), mas que 60% das cidades brasileiras ainda os mantém, e que um dos piores exemplos do nosso país fica em Brasília.

E que um próximo passo seria a incineração, porém os gases que são liberados na atmosfera são altamente tóxicos, liberando substâncias  bio acumulativas, carcinogênicas e teratogênicas (podem causar dano ao embrião ou ao feto durante a gravidez), podendo ser absorvidas pela pele, inaladas ou ingeridas.

Daí lembrei que cartões de natal com musiquinhas usam baterias. E pensei quantos desses cartões já ganhei e descartei sem pensar que essas baterias liberam  mercúrio,  chumbo e cádmio, que são muito tóxicos mesmo em pequenas quantidades.

pilhas e bateriais no lixo

Então entendi que o processo do consumo do século XX foi inserido pelos americanos para “salvar” a economia daquele país, mas se alastrou como uma doença em todo o mundo. E todo o “sistema” de extração dos recursos naturais, produção, venda e descarte só visa o lucro para as indústrias.

E percebi que essa ansiedade que tenho quando preciso comprar algo novo e moderno é exatamente o que os fabricantes, indústrias e governos querem que eu sinta. A sensação de que “se eu não comprar aquilo serei pior que o meu vizinho ou que não serei feliz” foi introduzida na minha vida desde criança, e é tão difícil se libertar desse conceito quanto largar um vício.

Comecei a procurar embalagens biodegradáveis e me deparei com um mundo de plástico sem fim.

supermercado

Me deparei com placas nas estradas de “não jogue lixo na estrada” “área de proteção ambiental” e “não polua”. Mas percebi que são placas hipócritas, sendo colocadas ali pelos municípios ou estado, que não implementam nenhum projeto real para a reciclagem de resíduos.

lixo no lixo

Me questionei qual a dificuldade dos governos em criarem um plano de conscientização para a população, e entendi que não existe dificuldade. Simplesmente os governantes não podem dar esse conhecimento à população, por que a sociedade cobrará as atitudes corretas.

Posso afirmar que a lista de tudo o que encontrei não pára por aqui. Chorei muito ao pesquisar e perceber o quanto eu, como ser humano, cidadã e profissional estava ausente e alienada. Senti vergonha de mim mesma.

Tenho conversado bastante sobre isso com as pessoas ao meu redor, e percebo o quanto essas informações são irritantes. Muita gente não quer saber, por que acha que já faz a sua parte… mas que parte meu deus?! Pagar as contas, separar a latinha de cerveja, doar roupas velhas para pessoas carentes?

Garanto que isso não é nada. O planeta está sendo consumido de forma violenta. A pobreza gerada pelas guerras de ego e poder são reflexo dessa economia linear, abusiva e consumista a que todos nós somos submetidos desde o momento em que nascemos.

A reciclagem é importante? Sim. Mas ela não é suficiente para a demanda do consumo atual. Precisamos reduzir o consumo urgentemente! De tudo! Por que reduzir o consumo é reduzir o uso dos recursos naturais e reduzir o lixo também.


E é por isso que em 2015 meu trabalho deu uma virada. Não consigo mais trabalhar como designer de interiores pensando apenas na decoração linda e perfeita, sabendo que tudo isso está acontecendo aqui, bem embaixo do meu nariz. E simplesmente ignorar. Não é indicando uma “madeira de demolição” para um cliente que estarei sendo sustentável. Ser sustentável vai além… ser sustentável é estar consciente, procurar formas de resolver os problemas que causei ao longo dos anos sendo uma profissional alienada nos moldes tradicionais, ser sustentável é pesquisar materiais que sejam menos agressivos ao meio ambiente.

E pesquisar não só o produto final, como também a industria que o produz. As grandes marcas, conhecidíssimas e respeitadas, usam o marketing em seu benefício para iludir o consumidor que só lê o rótulo bonitinho. As indústrias que mais poluíram o mundo até hoje, são as mais ricas, e são as que mais buscam “certificações” verdes. Entre no site de qualquer marca, das melhores e mais importantes do mundo… e irá encontrar alguma certificação verde… ou certamente encontrará as palavras  “meio ambiente” ou “sócio ambiental. Precisamos acordar!

Não adianta iniciar um ano novo, pensando que as coisas ruins devem ser deixadas pra trás e tudo esquecido. Os próximos 365 dias não serão melhores se a gente não aceitar os nossos erros e tentarmos juntos, resolvê-los.

Não vamos terceirizar a culpa, por que ela é nossa! Mas vamos transformar essa culpa em atitude, em ação!

Acredito na mudança? Sim! Acredito que tem solução? Sim! E vou trabalhar pra isso, com todas as minhas forças! Sei que tem muita gente que pensa como eu, e que por sinal me incentiva para continuar meu trabalho e manter meu foco. Por isso, peço desculpas por trazer o primeiro post de 2016 sem imagens coloridas e fofinhas… Agradeço você que lê esse texto imenso e peço que separe uns minutinhos para pesquisar sobre o assunto. Estarei aqui para trocarmos ideias e unirmos forças.

Um novo ano de fé, foco, energia, trabalho e respeito para todos nós! Bjx

Categorias
DICAS DA ERIKA KARPUK INSPIRAÇÃO

OS PAPEIS DE PAREDE MAIS LINDOS DO MUNDO

Estava eu, passeando nesse maravilhoso universo virtual quando me deparo com essa imagem.

NO PLAN_wallanddeco
http://www.wallanddeco.com/

Procurei mais um pouco pra achar a fonte! E… Imaginem um coração batendo bem forte! Foi o meu quando achei o site italiano Wall&Deco!

Exa_walledeco
http://www.wallanddeco.com/

São aquelas referências que a gente quer guardar e ter pro resto da vida. E cada um mais lindo que o outro. E tão inusitados! Gente… compartilho os papéis de parede mais lindos do mundo com vocês! E depois deem uma passeada no site… e segurem o lencinho, porque vai rolar uma água na boca! :D Não vendem no Brasil, mas quem estiver passando por Milão…via Pontaccio 19 ;)

Tangerinewallanddeco
http://www.wallanddeco.com/
FIORE MIOwallanddeco
http://www.wallanddeco.com/
SOULwallanddeco
http://www.wallanddeco.com/

Pra finalizar, esse… ah… que papel de parede ♥♥♥♥ gente!

A desconstrução do belo

TELL ME TILESwallanddeco
http://www.wallanddeco.com/
Categorias
BLOG DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

RECICLANDO O GIZ DE CERA

Oi gente! Quem tem criança em casa pode confirmar o que vou escrever aqui… giz de cera parece que dá cria :D E como quebra! Pedacinho de giz de cera por todo canto! Então resolvi o problema de uma forma divertida e sustentável.

Dei uma sapiada no santo Google e vi uns tutoriais para reciclar o giz, e lá fui eu botar a mão na massa.

Me surpreendeu a facilidade e o resultado final. Achei legal compartilhar com vocês o meu passo a passo. Sempre tem alguém na família com criança né?

Para fazer você precisa de:

precisa_de

Eu “cortei” o giz literalmente(com faca… só pra facilitar), e a função das crianças foi colocar na forma. Liguei o forno um pouco antes, coloquei a forma, e em 5 minutos estava derretido. Também li que dá pra fazer no microondas, então se alguém quiser fazer e compartilhar aqui a experiência fique a vontade! Sempre ajuda alguém ;)

Dica: Fique de olho! Se o giz ficar no forno mais tempo do que deveria (apenas para derreter certo?) começa a fazer um fumaça terrível!

Depois de derretido eu coloquei no freezer para agilizar, mas não é necessário não. Numa segunda tentativa deixei esfriar naturalmente e foi ok.

reciclando giz_Erika Karpuk

Sabe o que eu pensei? Fazer pra dar de lembrança no aniversário das crianças! Fica lindo, útil e o custo é mínimo ;) E ainda, com essa moda dos livros de colorir, dá pra fazer um kit com giz de cera personalizado e dar pra quem você ama! Olhem esses moldes que encontrei! Essa foi a primeira loja que entrei, nem pesquisei muito e encontrei tanta coisa linda!

http://www.mariachocolate.com.br/ forma_coroa http://www.mariachocolate.com.br/ forma_galinha http://www.mariachocolate.com.br/

 

 

 

 

 

Espero que tenham gostado da dica! Compartilhem com os papais e mamães, porque é muito útil! Certamente vão lhe agradecer! bjx

Categorias
BLOG INSPIRAÇÃO

UMA CASA PERFEITA

Tem decorações que batem forte no coração. Essa é uma delas!

Impossível compartilhar apenas uma imagem desse lar, porque é tudo tão lindo! tão verdadeiro! tem tantas ideias baratas e de reuso!

A casa é de Hannah Bill Berg e Don Nayao e fica no Canadá. É uma experiência deliciosa observar todos os detalhes que utilizaram com tanto carinho e de forma despretensiosa. Faça esse exercício da observação comigo:

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

A fachada pintada de preto, com detalhes em madeira e cercada de verde é um luxo pela simplicidade! Quem disse que preto na fachada de uma casa não pode? Aqui é possível observar a harmonia das cores e materiais. A vontade é pegar uma maçã na árvore e sentar no banco da varanda!

Agora se a fachada é linda assim… imaginem lá dentro…

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

O piso de madeira ebanizado (leia mais sobre essa técnica aqui para tingir pisos) contrasta com toda a base branca. Paredes, teto e caixilhos, tudo branco! A lareira é um caso a parte! Linda e moderna. Mas se observarem bem, acho que é o item mais caro aqui, além do sofá. O restante, são peças vintage, compradas em brechó ou lembranças de família e viagens. O tapetinho de tear é aquele do mais baratinho gente! E olha o efeito lindo que deu! As imagens coladas na parede atrás do sofá é outra ideia pra preencher espaços vazios sem gastar muito! Mas o que eu amei foram as luminárias pendentes, só com a estrutura da cúpula. Bem “faça você mesmo”! Bem a nossa cara não é?

Agora olhem a composição dessa estante metálica:

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

Essa estante metálica é aquela usada nos depósitos e estoques de escritórios gente! Essa é em aço galvanizado. Reparem na distribuição dos objetos…Percebam que na prateleira da direita tem outro armário encaixado! E num estilo totalmente diferente, mais clássico! Imagino que pode ser um bar, ou mesmo um oratório. E a escadinha ao lado do sofá? Vocês ainda acham que precisam gastar fortunas pra decorar??? :)

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

Agora a cozinha… separem os lenços para chorar de amor!

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

O que chamou a minha atenção de primeira é a chapa metálica (daquelas que se usa em piso de onibus) atrás do fogão! Ai que ideia sensacional! Juro que se alguém descrevesse esse ambiente e dissesse que foi colocado uma chapa ali, eu ia franzir a testa…

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

O tapete oriental na cozinha com chão de madeira… ai meu coração! Apesar de muita gente achar que madeira na cozinha não rola, eu acho que é possível sim! É só a madeira ser bem tratada. Lógico que não dá pra jogar água né? O futuro é utilizar a menor quantidade de água possível e reduzir o consumo de materiais e revestimento, sim! para usar essa madeira na cozinha, eles reutilizaram o que a casa oferecia e deixaram de comprar um novo revestimento! Isso é Obra Limpa minha gente! Isso é o futuro!

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

As receitas coladas na parede e a luminária “faça você mesmo” mostram a vida e personalidade dos moradores. Ah, faltou citar a cortina com tecido indiano (tipo canga) e as prateleiras em mão francesa.

Pra finalizar alguns detalhes dos quartos:

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

Reparem na cortina de renda(à direita da cama) minha gente! Adivinhem o que ela esconde? O closet! Sim! Ideia sensacional! Sempre amei “fechar” o armário ou closet com cortina, mas nunca tinha pensado em renda!
No quarto novamente aparecem as imagens coladas na parede e o tapetinho de tapeçaria super simples! Ah, só um detalhe: eu tenho uma bolsa igualzinha a essa! Porque será que eu me identifiquei tanto nesse projeto?? :D

Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN
Foto: Karin Foberg fonte: http://goo.gl/PpcWbN

O quartinho da filha… esse não vou analisar não! Você vai… me conte aí nos comentários o que vê de incrível nesse ambiente! Tem várias ideias fofas e fáceis de fazer! Quero ver heim?

bjs mil

Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK DIY/FAÇA VOCÊ MESMO ESTUDANTES E RECÉM FORMADOS INSPIRAÇÃO

BONS MODOS NAS REDES SOCIAIS DE DECORAÇÃO

Que post estranho esse, você deve estar pensando né?

Mas gente, se estão lendo esse texto, é por que de alguma forma, existe algum interesse em blogs, revistas, perfis de instagram, facebook, ou qualquer rede social relacionados à decoração, certo? Caso contrário, não estariam acompanhando meu blog, específico no assunto.

Vou voltar um pouco no tempo, só para ilustrar melhor o meu raciocínio e motivo desse post.

A internet que conhecemos hoje foi criada em meados dos anos 80, mas não se sabe ao certo a data em que ela surgiu. Sua comercialização, divulgação e incorporação na nossa vida só começou a acontecer em 1990 (se quiser saber mais sobre quem é essa tal de dna. internet leia mais aqui).

Aqui no Brasil, em 1991 a internet era utilizada por órgãos do governo, instituições educacionais de pesquisa e universidades. Só em 1995 foi liberada a operação comercial no país. Nesse mesmo ano aparecem os primeiros sites de empresas e o UOL (esse vocês conhecem né?)

Curiosidades da Erika: Em 1996, eu tinha 19 anos, e tive minha primeira experiência de internauta! Lembro como se fosse hoje, aquele barulhinho de internet discada. Se você não é dessa época e não faz ideia do que estou falando, escute aqui:
 Eu juro que era assim! E depois dessa "sinfonia de pardais", podíamos navegar pelos mares do oceano internáutico! :D

Foto: http://www.inexistentman.net/Em janeiro de 2000 é lançado o primeiro provedor gratuito brasileiro, o IG (apesar da Wikipedia dizer que não foi o primeiro, também não cita nenhum outro), e como o nome já diz, gratuito é o que faz a galera pirar! Então, todo mundo queria um modem, porque todo mundo queria instalar o IG, ou AOL ou Uol (os dois últimos com 1 mês grátis)! E a instalação era feita através de cd-rom!! Gente, tô rindo aqui, porque não lembrava mais desses detalhes até começar a pesquisa :D


Como era o Universo da Decoração antes da Internet?

Toda a divulgação de um trabalho de decoração e arquitetura era feita por mídias impressas ou seja, revistas e jornais. E era garantido que quando publicado, o nome do profissional estaria de alguma forma vinculado às imagens. Na verdade, se alguém quisesse “copiar” ou usar como referencia um projeto publicado, as únicas opções eram arrancar a página e guardar em uma pasta de referencias (eu fiz isso!) ou escanear e guardar numa pasta no computador (também fiz isso!).

Para que um trabalho fosse publicado o processo sempre foi o seguinte:

  1. PRIMEIROS CONTATOS IMEDIATOS: reunião com cliente. envio de orçamento. negociações;
  2. ESTUDOS/PRÉ PROJETO: Horas infinitas de trabalho para definir o projeto ideal para o cliente;
  3. APRESENTAÇÃO: Horas infinitas e muitas noites mal dormidas para fazer aquela apresentação show para o cliente ficar muito feliz e satisfeito.
  4. INICIO DO PROJETO EXECUTIVO: Além dos projetos técnicos, geralmente em AutoCad, a fase consiste em orçamentos, reuniões com muitos fornecedores, planilhas, etc.
  5. ENTREGA DO PROJETO EXECUTIVO E INICIO DA OBRA: Parece o fim, mas é o inicio de todo um processo exaustivo de acompanhamento de obra. Para que todos os detalhes sejam executados dentro do que o profissional imaginou, além de todas as adequações que são feitas para o bom desenvolvimento da obra.
  6. ACOMPANHAMENTO DA OBRA: Pode durar de 4 meses à 2 anos (até mais dependendo da dimensão do projeto). Só quem acompanha uma obra do inicio ao fim sabe o que é esperar e administrar pacientemente a sua finalização.
  7. ENTREGA DE OBRA E INICIO DA DECORAÇÃO: Após longos meses, muitas reuniões, resoluções de muitos e muitos problemas na obra, finalmente a decoração pode ser iniciada.
  8. DECORAÇÃO: Começa a nova fase de reuniões, orçamentos, escolha de materiais, acompanhamento da instalação de todos os itens, muita briga com fornecedor para cumprir prazos de entrega. Até que o vaso de flor possa ser colocado sobre a mesa.
  9. CONTATO COM REVISTAS E JORNAIS: Sim… ninguém sabe que você tem um novo projeto finalizado. É necessário o contato com a imprensa para que convites de publicações sejam feitos.
  10. DIA DA FOTO: Não é simplesmente um dia qualquer… É necessário uma produção nos ambientes. Arrumar o quadro torto, colocar a poltrona no lugar, tirar a poeira… Uma equipe se desloca ao local, fotografo, assistente, jornalista, decorador ou arquiteto e um assistente. Todos juntos, trabalhando para que a foto fique perfeita para uma próxima edição.

E Pronto! CLICK!

Daí você me pergunta… nossa! Tudo isso para uma fotinho? Como era complicado não?

Então eu te respondo: Sim, todo esse trabalho, feito por vários meses, com muito suor e carinho… para uma fotinho! E complemento que (e é esse o motivo desse post!!!! preste muita atenção!!!) isso é o que acontece com ABSOLUTAMENTE QUALQUER IMAGEM QUE É PUBLICADA HOJE!!!!!!

O botão PIN do famoso aplicativo PINTEREST, ou a própria busca por imagens no GOOGLE, facilitou aquela etapa que comentei do escâner ou da pasta de referencias com recortes de revistas, mas essa é a ÚNICA diferença!!!!

Todo o processo de uma decoração continua o mesmo dessa descrita acima! É um trabalho sem fim, muito investimento, muito trabalho mesmo. E quando o botão PIN é utilizado, e essa imagem vai para suas pastas no PINTEREST, outros usuários podem compartilhar, sem que necessariamente o autor do projeto seja citado. E não só o autor do projeto nãoooo! O fotografo também é um profissional que vive da sua arte. E a revista ou mídia que o contratou PAGOU para que aquela imagem perfeita estivesse ali, pronta para ser compartilhada sem descrição, no PINTEREST e consequentemente no INSTAGRAM, NO FACEBOOK, NOS MILHARES DE BLOGS de decoração, e por ai vai.

Me digam… o quão justo e correto é esse processo? Não estou aqui para dizer o que você pode ou não fazer, até por que a internet é a mãe do compartilhamento. Só peço que reflita sobre o que acabo de escrever, e pense duas vezes quando for compartilhar uma imagem qualquer (!) sem autor… Esse autor existe! Essa foto não é sua! E lógico que é muito bom ver um projeto seu sendo referenciado e amado, mas é muito ruim, muito triste, quando todo o seu trabalho feito com amor é perdido, reduzido à ninguém… ou melhor… trocado pela legenda #referenciadopinterest.

Você só pode fazer parte do universo da decoração se você o respeita, caso contrário, seu lugar não é aqui! 

#éticadocompartilhamento #compartilhecomrespeito

Fotos e texto Erika Karpuk - SOB LICENÇA CC by-nc-nd 4.0
O lustre pendente foi reaproveitado do antigo apartamento, e para adequá-lo a decoração atual, a designer pintou com tinta spray. Cozinha de concreto da Erika Karpuk sob o conceito OBRA LIMPA

NOTA 1: A foto acima demorou um click para estar pronta + 10 meses de obra + 10 meses para a decoração estar finalizada + muitos mil reais de investimento. A foto da minha cozinha já foi publicada em alguns IDs importantes . Hoje, infelizmente, ela é compartilhada sem créditos e só fico sabendo quando alguém me marca na foto. Caso contrário, nunca saberei.

NOTA 2: Todo o meu site está sob a licença de propriedade da Creative Commons e indico a todos os meus amigos sérios de profissão que façam o mesmo. Insiram o logotipo nas suas imagens. E usem essa licença para se protegerem de possível uso ilegal da sua imagem e trabalho.Creative Commons LicenseFotos, textos e conteúdo by Erika Karpuk is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License

NOTA 3: Revistas impressas e online, sites e outras mídias que PRECISAM de imagens de profissionais de arquitetura e design para sobreviver e pagar suas contas, é preciso que vocês se atualizem também! É necessária a mudança com URGÊNCIA na forma de publicação! Vocês PRECISAM inserir o nome do profissional, empresa e fotografo nas imagens! Não fica tão bonito? Ah… pode até ser! Mas tenho certeza que com tantos designers gráficos sensacionais que trabalham pra vocês, alguém pode dar uma ideia fantástica e resolver toda essa bagunça não? #atualizarépreciso
PARA COPIAR QUALQUER PARTE DESSE TEXTO, CITAR A AUTORA E LINK DO SITE. Fotos e texto Erika Karpuk – SOB LICENÇA CC by-nc-nd 4.0

Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK ESTUDANTES E RECÉM FORMADOS

ERIKA KARPUK EM ENTREVISTA PARA O CORREIO DA BAHIA

Fiquei super feliz com a entrevista que dei ao Jornalista Vitor Villapando do Correio da Bahia, e como sabem sou paulista… mas dessa vez fui arretada! :D

Entrevista Erika Karpuk

Sobre minha história de vida, super ok!
Sobre mão de obra no Brasil minha gente, eu falo por que me deparo todos os dias com pessoas de todo o país chorando, atrás de mão de obra responsável, comprometida, profissional e com preço justo. Infelizmente são poucos. Daí vocês já conhecem a velha frase né: Lei da oferta e procura… Pois é… Por isso mantenho minha opinião… se você não tem dinheiro e quer fazer uma reforma, ao invés de ficar esperando um milagre, tente achar no querido Youtube o que você precisa! Tem de tudo gente! Tudo mesmo! E ponha a mão na massa!!!

Sobre a Reserva Técnica, a famosa RT. É a tal da comissão que uma loja paga à um decorador/designer ou arquiteto, por levar seu cliente lá pra comprar. Existe essa prática há anos na área. E eu mesma, quando trabalhava no formato tradicional, recebia comissões por indicar uma loja ou outra. Sempre deixei claro para meus clientes que isso existia e que era uma pratica normal. Até que, graças ao bom Deus, aos meus anjos da guarda decoradores e ao despertar da minha consciência percebi que isso era imoral!!! Clientes pagam o produto, pagam os impostos abusivos do nosso país, e ainda pagam a comissão para seu profissional de design ou arquitetura…ah, o profissional já está recebendo os honorários lembram-se?
Daí vem aquela pergunta… como pessoas de bem vão confiar em nós, profissionais da decoração? Como os órgãos que se dizem lutar pelos direitos dos profissionais da área podem aceitar e incentivar essa prática de pagamento de propina. Ah… propina é uma palavra muito forte? Então…

Significado de Propina

s.f. Suborno; valor em dinheiro oferecido ou pago a alguém para que esta pessoa pratique atos ilegais; quantia em dinheiro oferecida em troca de favores.
Gorjeta; gratificação adicional paga a alguém pelos serviços prestados.

Achei no site da da CAU/BR a aprovação do Código de Ética para arquitetos e urbanistas, e ufa! Espero que os designers se espelhem nesse código para “evoluirmos como espécie” (ah… tem muito arquiteto que faz isso tb… não tô falando só dos designers não viu!) RT… é muito feio gente… muito! Se o profissional não cobrar a loja não vai pagar. Simples assim!

Então pronto! Já falei o que tinha que falar! :D E não tô brava não hahaha!!! Tô feliz porque eu posso ser quem eu sou! Obrigada Deus ♥

Amigos, se vocês concordam com minhas opiniões e acham que esse post pode ajudar a sociedade de alguma forma, por favor compartilhe! Através de um ato tão simples vocês ajudam a manter a vida do site! Obrigada Ek

Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK

GOURMETIZANDO A DECORAÇÃO – PÃO DE QUEIJO DO EDU

Gourmetizando a decoração

Meus amigos… as histórias mais loucas dos nossos tempos provém geralmente de encontros e desencontros promovidos por nossa querida Internet. Aposto que já escutaram ou vivenciaram alguma! Eu por exemplo, há bem pouco tempo, depois que os gêmeos nasceram, tipo 4 anos atrás,  não botava muita fé, a não ser no google hahaha. Mas a Internet e o mundo virtual entraram na minha vida de um jeito tão pé no peito, que até perdi o ar!

Quando cadastrei minha página no Facebook, eu tive tanta vergonha, mas tanta… por que era tão novo e tão exposto… e o meu medo da negativa sempre foi o meu maior pesadelo! Juro mesmo!

Mas de repente eu comecei a receber muita energia boa, de gente que pensava como eu! Ou seja, vocês!! E a troca foi e é o que me move todos os dias! É meu estimulo e inspiração! E no meio dessas trocas de mensagens e comentários, é engraçado como as conexões começaram a acontecer.

Os seguidores viraram amigos, alguns se transformaram em clientes e amigos, e outros eu virei seguidora e fã :D

Mas no mundo dos blogueiros, como iniciante, admirava algumas sites e pessoas, que pra minha alegria, viraram amigos e tive o prazer em poder abraçar de verdade!! Não é simplesmente uma conexão profissional… é abraço mesmo!

Uma dessas pessoas incríveis que surgiram na minha vida foi o querido Edu do Homens da Casa! Um cara tão autentico e batalhador, que fica impossível não admirar e amar! Mais uma obra da nossa santa Internet que conseguiu nos unir para trocar ideias de trabalho, elaborar como diz Edu a “dominação do mundo” hahaha, e falar montes de assuntos jogando conversa fora e dando muita risada.

Gourmetizando a decoração

Foi num desses encontros que gravamos esse vídeo, saindo do habitual tema da decoração, e partindo pro delicioso universo da cozinha! Compartilho com vocês essa tarde gostosa que tivemos fazendo o “melhor pão de queijo do mundo!!” e espero que curtam tanto quanto nós!

Digam o que acharam do vídeo ok? É super importante para que eu possa melhorar o conteúdo no Ektube! Afinal, ele é nosso! Eu pensei em chamar outros blogueiros queridos para fazer receitinhas aqui em casa… o que vcs acham? é uma forma de vocês conhecerem os seus designers favoritos por um outro angulo… me deem opinião por favor! bjos gigantes

Categorias
DESIGN SUSTENTÁVEL DIY/FAÇA VOCÊ MESMO INSPIRAÇÃO

LATAS DE LEITE NA DECORAÇÃO. REUSO E RECICLAGEM JÁ!

lata de leite Erika Karpuk
E nossa galeria de inspirações cresce a cada dia. Numa rápida pesquisa sobre latas de leite, eu encontrei ideias tão fofas, que fica impossível não compartilhar com vocês.A imagem acima é minha. Eu pintei um degradê azul e dourado com spray.
Dá uma olhada nessa seleção!

Bjos bjos ♥

latas de leite - reuso
latas de leite - reuso latas de leite - reuso latas de leite - reuso latas de leite - reuso latas de leite - reuso

 

Categorias
BLOG DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

DECORANDO O HOME OFFICE – PARTE 2

E chega o momento esperado! Consegui finalizar o Home Office e você vai poder participar comigo dessa conquista!

Sim, é uma conquista! Afinal, rola um suor, dor muscular no dia seguinte, até algumas lágrimas! É o caso dos meus tatames com cupim :(

No episódio anterior eu ensinei a fazer essa parede linda!!!
paredeErikaKarpuk

Se você não viu o primeiro episódio ele tá aqui ó:

E no novo episódio, que já está no ar, rolou muitas ideias de “faça você mesmo”!! Tem várias dicas de decor, mas a que considero a DICA NINJA do DIY é a prateleira para quadros que eu fiz com um objeto muito inusitado! Será que você consegue identificar qual é pela foto ai embaixo?
detalheprateleira2Ektube

Quem disse “trilho de cortina” acertou!! A vá… não acredita? Então vem comigo… vou te ensinar :D! dá o play e divirta-se! É muito fácil e o efeito é incrível! Depois volta aqui nos comentários e me diz o que achou tá? e se curtir o vídeo dá um likezinho e compartilha por favor! É muito importante a ajuda de vocês para continuarmos na luta do design acessível para todos!!! Um bjão pra vocês!

Categorias
DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

O DEKOR CHIC NO MEU HOME OFFICE!

Dekor, sinônimo de “decoração acessível com muito “faça você mesmo”, design bacana, sem gastar muito”

Chic,  é a essência de um refinamento meio informal, é uma qualidade inata de certos indivíduos que muitas vezes nem percebem que a possuem e não tem nada a ver com beleza ou riqueza.


Finalmente a série DekorChic está oficialmente lançada!

Como vocês sabem, eu me mudei há alguns meses de apartamento… falei um pouco sobre isso nas mídias sociais, inclusive fiz um post sobre ter redes de descanso em casa.

Desde o começo da reforma, há um ano atrás, fui juntando informações, fotos, referencias… Depois da mudança, consegui “ajeitar” a decoração com as coisas que eu já tinha, e lógico dando um “tapinha” básico aqui e ali. A minha vontade sempre foi criar conteúdo para vídeo de todo o processo, mas é um trabalho muito difícil, principalmente porque faço tudo sozinha, ponho a mão na massa, de projetos, dou assessoria aos clientes, das mídias sociais, dos meus filhos, do meu marido, e da casa, que inclui as gatinhas Amy e Angelina, minhas plantas e todas as milhões de coisas que são necessárias para “cuidar” de um lar.

Mas dessa vez, arregacei as mangas e decidi colocar a casa em ordem! E vocês, meus amigos leitores e seguidores, poderão acompanhar tudinho junto comigo. Como estamos falando da minha casa, obviamente não poderiam faltar os protagonistas dessa história… minha família! Então dessa vez, poderão curtir a Olivia, o Lorenzo, o Marcelo, e eu,  arrumando a nossa casinha.

Será um prazer compartilhar com vocês esse processo, e tenho certeza que vocês poderão aprender muito do “faça você mesmo”, já que tenho um apartamento de 350m2 na mão, pouco dinheiro e muita boa vontade!

O primeiro ambiente é o meu Home Office. Eu tinha dado um mega truque para conseguir utilizá-lo. Por que precisava instalar as coisas e trabalhar, mas não tinha feito um projeto, deixando com meu jeito.

O interessante (e complicado também) desse home office é a posição dele. Ele fica no meio do ap, bem na circulação dos quartos X cozinha X sala, então é um campo “neutro”. Não posso entulhar de coisas, mas também quero personalidade, deixar com a minha cara, afinal é o meu local de trabalho! Então, resolvi clarear os móveis que já tinha, organizar a papelada, voltar com um arquivo que estava guardado no quartinho lá em baixo na garagem, fiz uma pintura na parede com desenhos gráficos, muito fácil de fazer e efeito maravilhoso, reutilizei um trilho de cortina que virou prateleira, restaurei outros itens… enfim… muita coisa! Vocês poderão acompanhar no Ektube todas as etapas. Inscrevam-se por lá para não perder os episódios! Tenho certeza que vocês irão se surpreender!

Nesse primeiro episódio, acho que o ponto alto é a pintura da parede! Super fácil de fazer, não precisar de habilidade pra fazer linhas retas, é relativamente barato porque você pode usar a tinta que já tem em casa (foi o meu caso) e fica fenomenal! Eu tô apaixonada pela parede ♥

REFERÊNCIA DE CORES

A parede do fundo já estava pintada com tinta Sherwin Williams – Snowfall SW6000

O Cinza é da Suvinil – Barra de Ferro

O Spray Dourado é Colorgin – 57Metallik Dourado

O Spray Branco tanto faz a marca! Eu usei um branco fosco

erika karpuk pintura na parede 1 pinturamoderna_parte2 pinturamoderna_parte3

Idéias baratas, fáceis de fazer, pra você deixar sua casa mais bonita e mais feliz, gastando pouquinho!!!

Vida longa ao Ektube  ♥

Para assistir ao vídeo, clique nas imagens acima e será direcionado pro nosso canal no Youtube! Aproveita e se inscreve pra acompanhar! Se gostar do vídeo, dê um like, depois compartilhe com seus amigos e família, e comente, converse, dê pitaco, seja meu amigo lá também! Além de me ajudar com o crescimento do canal, a gente bate papo, troca figurinhas e dá boas risadas! BjxBjx

 

Categorias
BLOG INSPIRAÇÃO

UMA CAFETERIA NA SÉRVIA

design-Stock-Coffee-project
Um projeto fresco, moderno, bom de ver e provavelmente de tomar um bom café, já que em umas das fotos aparece um saco do”cafés do brasil”. Acho que é possível fazer uma releitura de vários elementos arquitetônicos para dentro de casa ou escritório.

Feito pelo escritório sérvio Arhitektura Budjevac em 2014, o local era um antigo comercio de dois andares. Eles “limparam” a área! A laje e suas nervuras foram expostas, pilares e outros elementos da estrutura além das tubulações de água.

Stock-Coffee-project-12
Stock-Coffee-project-14

Os móveis foram escolhidos a dedo, com design limpo, simples porém confortável. Tem até uma mesa de pallets bem legal!

69_13 Stock-Coffee-project-11 architecture-Stock-Coffee-project

Stock-Coffee-project-8

Stock-Coffee-project-6

Stock-Coffee-project-5

Stock-Coffee-project-4

As paredes foram transformadas em quadro negro, e receberam a arte de Jelena Ilic.

Acho que o equilíbrio do preto e branco foi perfeita, e apesar de ter esse clima industrial é um lugar muito acolhedor vocês não acham?

Stock-Coffee-project-15 Stock-Coffee-project-16

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

COMO DECORAR A COZINHA GASTANDO POUCO – PARTE 2

Na primeira parte deste post apresentei pra vocês uma das opções de cozinha que fiz para a leitora da revista Decorar Mais Por Menos, e nesta segunda parte, apresento a segunda opção do projeto.

Criei um patchwork de madeiras e ladrilhos, quase um quebra-cabeça! E o resultado vocês podem ver a seguir:

opção2Vista3 opção2Vista2 opção2Vista4 opção2Vista7 opção02vista1

 

Eu sinceramente… pirei nesse painel!!! Por que ele atende à uma necessidade e vontade da leitora, em usar a madeira de demolição. Mas a proposta dilui o valor abusivo da madeira, por que misturei outros materiais. Sim, você pode usar pedaço de piso, parede, porta… pode misturar uma cerâmica, ladrilho… enfim, é criatividade sem limites.

Como o painel é o ponto forte da decoração, eu indico usar outros itens neutros, para que as cores e tons não briguem entre si.

E ai? Gostaram? Qual opção agradou mais? Pode comentar viu! Não mordo não! :) bjos bjos

Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

COMO DECORAR A COZINHA GASTANDO POUCO – PARTE 1

Há um tempinho atrás fui convidada pela revista Decorar Mais Por Menos da ed. Escala à fazer duas opções de projeto de cozinha para uma leitora.

E lógico, qualquer projeto que cai nas minhas mãos já vem com uma etiqueta: “Não posso gastar! Preciso de opções baratas!” :D

Então, além das necessidades básicas, essa história de não gastar é intrínseco aos projetos que vem pra mim.

Uma das vontades da cliente seria usar madeira de demolição. Contraditoriamente, essa opção não é uma das mais baratas não. Deveria ser né? Já que estamos supondo que a madeira de demolição é um material reutilizado. Mas como já dita a lei da oferta e da procura, infelizmente esse acabamento virou item de luxo. Existem as madeiras originais, e também as opções “genéricas”, como as cerâmicas, que atualmente são incríveis. Não gosto muito das imitações como revestimento, mas as cerâmicas estão num patamar além dos “fakes” da vida. Então, para um mega painel de madeira essa seria uma opção. O projeto que fiz com essa intenção é esse aqui:

opção01vista3

opção01vista5

opção01vista4

opção01vista6

E é nesse projeto ainda que quero dar uma opção bem legal pra você decorar sua cozinha ou área gourmet sem gastar muito… Você reparou nesses quadrinho fofos?
Eles são uma opção pra você decorar de uma forma barata e bonita. Eu encontro essas ilustrações no Google (faço a busca como “Food Illustration”) e surgem imagens super modernas e com boa definição para impressão. LEMBRE-SE: As imagens tem autores e não podem ser reproduzidas ou comercializadas heim? Galera do chupa chupa isso é feio!!! Mas pra você, pessoa de bem, que quer deixar sua cozinha mais bonita e não tem grana, pode imprimir em casa mesmo num papel fotográfico, pode mandar imprimir numa gráfica, ou mesmo numa loja que imprime fotos sabe? É mais barato.
Fiz uma seleção de ilustrações lindas pra você salvar e imprimir. Para as molduras, compre porta retratos baratinhos em lojinhas populares. Tire o suporte de trás, pinte a moldura com spray e use como quiser!!!

Para o segundo projeto, que na minha opinião é um arraso, aguardem a segunda parte desse post! Amanhã tô de volta! Ah, não esqueça de comentar, dar suas sugestões e compartilhar! Eu agradeço demais! ♥

Categorias
BLOG DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

TRANSFORMANDO ARMÁRIO ITATIAIA EM BUFFET DESCOLADO

Esse post é especial! por muitos motivos!

Primeiro, porque o projeto é bem a nossa cara! Reutilização e reforma de um móvel que iria pro lixo.

Segundo, porque o projeto não é meu! E sim de uma leitora querida, a Michelle Lima.

Terceiro, porque nossa conversa começou assim “Olha Erika o que eu fiz, era um armário Itatiaia de ferro, inspirada nas suas dicas resolvi reaproveitá-lo.”

Ô minha querida! Eu olho sim, olho mil vezes, olho até encher de lágrimas de emoção!!! Olho porque você teve um capricho impar e a humildade em compartilhar seu feito e seu trabalho comigo! E só tenho uma palavra pra definir isso tudo: AMOR

São por essas e outras que minhas forças são renovadas todos os dias! Amo vocês leitores e amigos – sim!!! acredito na amizade virtual verdadeira, onde o melhor de nós fica exposto… o que não é tão bom… é melhor não mostrar mesmo :)

Esse armário é aquele Itatiaia, simples, de aço… que funciona muito bem, mas o design dele é comum.

transformando um armário itatiaia no móvel descolado
transformando um armário itatiaia no móvel descolado

 

A Michelle ia dar o fim no coitadinho, e aí teve a super ideia de reforma-lo e deixar com uma cara moderna e descolada.

Além do armário ser de aço, ela ainda queria mudar o uso. Ou seja, um armário de parede que seria transformado em buffet. Na minha opinião ela foi corajosa! Porque iniciar a empreitada sem ter certeza do resultado final não é para os fracos :D. Merece meu respeito!

Então vamos pro passo a passo, que nossa amiga Michelle gentilmente compartilhou com a gente!

  1. Ela tirou os puxadores

  2. Lixou o armário (lixa fina para metal)

  3. Ela não cobriu os furos dos puxadores, e nem aparecem por que a tinta é escura, mas eu indicaria fechar os furos com Durepoxi mesmo. Depois de seco lixar.

  4. Ela instalou pés palito! Ela me contou que conheceu o pé palito naquele vídeo que eu fiz junto com a Casa e Jardim, o que me deixou muito orgulhosa! Mas sabe onde ela comprou os pés? Na lojinha da minha amiga Ana da Casa que Minha vó queria!

  5. Passou um fundo preparado. Ela passou da Acrilex, mas acho que pelo tamanho da embalagem (100mls), deve ter saído mais caro do que comprar uma lata de 900ml das marcas famosas… todas tem, achei essa aqui da Sherwin Williams e achei legal por que você também encontra em spray. A Coral e a Suvinil também tem, mas não sei se eles fabricam em spray…

  6. Depois do fundo seco e sem poeira, o próximo passo é a pintura. A Michelle pintou com tinta em Spray. Disse que passou 2 demãos. Até achei pouco… talvez precise de mais alguma. Isso você vai ter que analisar e decidir conforme o visual.

  7. Colocou puxadores fofos

  8. Aplicou um adesivo com estampa Chevron no tampo e para proteger, colocou um tampo de vidro.

E tcharammmm! Voilà!!! Ficou essa coisa linda que vocês estão vendo ai… ♥♥♥

MichelleLima1

MichelleLima2

Quero agradecer o carinho da Michelle, e também por liberar as informações com todos nós. Tenho certeza que esse post vai inspirar muita gente pra dar “aquela” modernizada num móvelzinho que grita por socorro ai da sua casa!
Muita atitude, muito amor e muita cor pra vocês!

hey! Curtiu o post? Então comente, compartilhe!! Adógooo ♥

Categorias
BLOG DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

BOLAS DE PAPEL PARA ENFEITAR A FESTA E SUA CASA

Essa semana é a semana da festa infantil!

Mas pera lá… esse blog não é sobre decoração? Isso isso!

Gente, fiz a festa das crianças no final do ano passado, e tive que pesquisar muito, já que não queria um buffet, não queria personagens, não queria gastar, e queria muito que eles me ajudassem a fazer a sua própria festa, se divertissem com isso! Mas isso vou mostrar pra vocês até o fim da semana.

Esse post é especificamente sobre as lindas, delicadas e coloridas bolas de papel, que podem ser usadas em diversos momentos, não só em festas infantis ou de adulto, e também na decor da sua casa!

Podem ser feitas de vários materiais, mas o mais comum são feitas com papel de seda, acho que por serem fáceis de manusear e tem muitas cores lindas, que você consegue combinar com o tema que escolher.

As mais fáceis de fazer são as “Paper Balls” tradicionais.

paper ball

Esse tutorial abaixo da Martha Stewart é bem simples e já anima colocar as mãos na massa não é?

paper ball marthastewart

Mas como agora sou uma youtuber, e acho que a vida sem vídeos é muito chata…rs achei esse tutorial no Youtube bem legal, bem filmado e explicado.

Outra forma de fazer é aquela bola que tem formato de colmeia, que eu acho espetacular!!! É a famosa “Honeycomb (colméia) Pom Pom”, e obviamente ela é um pouco mais elaborada, mas nada que meia hora não resolva sua vida!!!

honeycomb pom pom shopsweetlulu

Essas Honeycombs são apaixonantes, e dá pra fazer muita coisa legal.

honeycomb pom pom markmontanoblogs

Essa acima é do designer Mark Montano e feita com folhas de revistas!! Imaginem a designer que vos fala, que ama ideias sustentáveis, assistindo esse tutorial…

Espero que tenham se inspirado com esse post, e acompanhem no Instagram e Face dessa semana, porque tem dicas e mais dicas sobre as festinhas infantis saudáveis, baratas e feitas com muito amor ♥

Categorias
BLOG DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

LATAS e RÓTULOS VINTAGE na DECORAÇÃO

rótulos, latas e flores - fenton and fenton
Existem algumas imagens que simplesmente atraem nosso olhar, mesmo que a gente não queira…
É o caso dessa imagem absoluta e linda e colorida e tudo de bom aí em cima.

Essas latas são de uma loja australiana a Fenton and Fenton e são comercializadas assim! Nessa fofura toda! Mas achei a ideia incrível para dar de lembrancinha para os convidados num Open House por exemplo.
Não pude me controlar! E queria mais! E numa breve procura, encontrei um universo de rótulos, latas e flores ♥

É inspirador ver as latinhas que iriam pro lixo sendo reaproveitadas assim…
Lógico que não vou deixar você babando e não dar a letra :)

Aqui vão alguns rótulos absurdamente lindos pra você imprimir em papel adesivo, e usar como e onde quiser!

Ah, mais uma dica do caminho das ostras: no Pinterest ou Google buscar “Vintage Labels” – você vai achar bastante coisa legal!

Beijos

Categorias
BLOG DICAS DA ERIKA KARPUK DIY/FAÇA VOCÊ MESMO

QUERO UMA REDE PREGUIÇOSA PRA DEITAR

Se esse não é seu sonho de consumo, espere pra ler essa matéria… tenho certeza que vai ficar com água na boca!

A rede de descanso é de origem indígena, e seu uso se enraizou nos costumes dos brasileiros no período do Brasil Colonial.

O que me chama atenção nesse “utensílio doméstico” (ou podemos chamar de mobiliário?) é sua multifunção. Antigamente até pra enterrar os mortos ela servia! Na época da colonia os escravos levavam os colonos para passear e até viajar. A rede é muito utilizada para dormir substituindo a tradicional cama, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, mas seu uso no geral limitou-se ao descanso, ou seja, jardins e varanda.

Fazendo tantos projetos de decoração em todo o país, com clientes de todos os perfis possíveis, é um item que raramente as pessoas me pedem para inserir nos projetos. E vou ser bem sincera com vocês… Eu mesma não pensava muito sobre isso, não dava muito valor nem estético, nem funcional, ou pelo menos não pensava até ter uma dentro de casa!
Essa é a minha rede! A rede da minha família! As crianças adooram!! Ganhei da minha mãe, e minha intenção era colocar na varanda (que obvio não?) mas por sorte eu não tinha paredes suficientes para que ela fosse instalada ali. Por isso comecei a pensar onde seria o lugar ideal. E daí um estalo de ideia! Porque não dentro de casa?

Em casa tem uma saleta de circulação, onde todos passam o tempo todo, e atualmente fica meu home-office! E como já era uma área carente de decoração, o lugar escolhido para minha rede verde lindona foi definido!
Rede de descanso na decoração - Erika Karpuk

A minha sensação quando olho pra rede é de paz e relaxamento. Então a posição da minha, justamente no home-office, é estratégica! E apesar deu não ficar me deitando durante o dia, me faz bem só de olhar :)

 

Qual foi a minha maior preocupação: SEGURANÇA!

As crianças adoram a rede, e eu tinha certeza que precisaria ter “A” fixação perfeita.

Pois bem… quando fomos instalar, um dos ganchos não estava tão firme :(
Nada de ruim aconteceu, mas poderia… Tivemos que aumentar o tamanho da bucha de 8 para 10, e colocamos um parafuso mais “encorpado”.

Existem dois tipos de ganchos:

O gancho para alvenaria de bloco, deve ser chumbado. Como o bloco é oco por dentro, se você colocar bucha e parafuso simplesmente não vai aguentar. Ou seja, é necessário fazer um buraco na área onde será fixado o gancho, encher de massa de cimento, acomodar o gancho dentro da massa fresca e esperar secar.

O gancho parafusável é a opção mais comum. Pode ser fixado na madeira (no caso de pilares de madeira na varanda…) ou nas paredes de tijolo maciço. Importante utilizar as buchas e parafusos corretos para que não tenha o mesmo problema que eu ok?

dicas de como instalar uma rede

Quer mais uma vantagem de ter uma rede em casa? O custo é bem menor do que um sofá ou uma poltrona!!! Tem todas as cores possíveis e imagináveis pra combinar com a sua decoração, e além das convencionais existem outros modelos também! Então… o que acham de se jogarem na ideia? Literalmente!! Rá ;)

Deixem suas opiniões plis! Quero saber o que acharam!!!
Bjos bjos